• Yuri Ribeiro

Brasil Digital Fashion Week reúne negócios, desfiles e conteúdo durante cinco dias de programação

Feira online reúne estandes de grandes confecções, desfiles e conteúdos variados gratuitos para quem curte moda


A Brasil Digital Fashion Week acontece de 21 a 25 de setembro em formato virtual e se destaca como a primeira plataforma de evento de moda online nacional que reúne negócios, desfiles e conteúdos. Durante os cinco dias de programação, grandes marcas nacionais de moda apresentam suas coleções em estandes exclusivos, por meio de fotos e vídeos, além de interação via chatbots, para varejistas do país, que conseguem acessar os showrooms com cadastro prévio no site www.bdfw.com.br. Já o público em geral poderá conferir os desfiles e também os conteúdos de entrevistas, painéis e palestras, de forma totalmente gratuita.


Entre as marcas confirmadas no line up da BDFW estão nomes de peso como a SClub – do grupo Skazi, Victor Dzenk; Claudia Marisguia Bijoux, Frutacor, Maracujá, Thays Temponi, 613, Marcia Morais, Elizabeth Marques, Cleo, Decote, SIS, Cerra D'Ouro, Desirèe, Rogério Costa, Push Pull, Lazara Design, Strass, Fantástica Fábrica Ateliê, Regina Salomão, Lume, Eliane Matos, Condotti, M.Rodarte, S&B e Lore.



A área de conteúdo contará com nomes de peso em cinco trilhas temáticas: Transformação Digital, Negócios de Moda, Mercado, Beleza e Bem Estar e Sustentabilidade. Nomes como o consultor de mercado de luxo, Carlos Ferreirinha estão confirmados na programação ao longo da semana, em formatos de vídeos previamente gravados a distância, respeitando todas as normas de segurança e prevenção à covid-19.


Uma das maiores preocupações da Brasil Digital Fashion Week além da geração de negócios entre as marcas e lojistas é a digitalização de operações de moda pelo país. Dados do IEMI – Inteligência de Mercado apontavam que até o começo do ano de 2020, cerca de 90% dos pequenos negócios não tinham presença digital no país. “Sendo assim, não adiantava nada promover um evento virtual onde o atacadista pudesse vender ao varejista, se esse não tivesse como acessar o seu público final. Então desde a concepção da BDFW entendemos a necessidade de trazer profissionais da área de tecnologia para ajudar a esses pequenos empresários a iniciar ou potencializar a digitalização de suas lojas e consequentemente fomentar a promoção de negócios entre eles e sua clientela na ponta”, conta Rodrigo Cezário, um dos idealizadores da feira virtual.


Além do SEBRAE, a BDFW conta com o apoio da AtacadoWeb, CDL, Assintecal, Atitude Inteligência, Sindijoias Ajomig, Sindivest MG, Sindicalçados MG, Sindibolsas MG, Federaminas, Henrique Gualtieri, Álvaro Fráguas, Conexão Moda, Instituto Amem e Frente da Moda Mineira.